Pais

Naquela noite… Depois de ouvir o relatório do Azazel-sensei, os membros do [DxD] se dispersaram primeiro. O dia depois de amanhã, a fim de trazer de volta os irmãos Raiser e Ravel Phoenix, eles iriam encontrar o mencionado anteriormente Maou Ajuka Beelzebub primeiro. Depois de tomar banho no grande banheiro subterrâneo com a Asia, Rias começou a falar enquanto subiam as escadas.
"É realmente ótimo que a Ravel-san e o Raiser-san estejam seguros.”
Asia se sentiu à vontade quando colocou a mão sobre o peito. Asia, que estava preocupada não apenas com Ravel, mas com Raiser também, disse que, para Rias, ela era uma imouto  fofa. Rias sorriu enquanto respondia
“É mesmo bom. Embora eu realmente confie em onii-sama e Azazel, eu ainda senti que algo pode ter acontecido com eles, mas meus medos realmente se mostraram falsos.”
Sim, se por acaso fosse verdade… Não havia tal coisa como certeza neste mundo. Rias também entendeu esse princípio. Na luta contra a Facção Heroica, a pessoa mais querida de Rias - Hyoudou Issei havia perdido seu corpo. Se ela se lembrasse dos eventos na época, poderia ser considerado um milagre que ele tenha sobrevivido. Originalmente, mesmo se ele morresse, isso teria sido compreensível. No entanto, algo assim aconteceu novamente. Poderia ter sido possível para Raiser e Ravel terem terminado no pior resultado possível. Então, quando eles descobriram que estavam seguros, elas realmente se sentiram felizes do fundo de seus corações. Afinal, em relação a Raiser, ela queria derrotá-lo em um Rating Game profissional. Quanto a Ravel, como excelente Manager de Ise, ela tinha plena fé nela. Se ele não tivesse Ravel,

Como essas duas pessoas acabaram junto com Maou Ajuka Beelzebub? Esta notícia era atualmente confidencial, e apenas um pequeno número de pessoas sabia disso, nem mesmo todos os Demônios de Classe Alta sabiam disso. E houve uma coisa que despertou mais atenção. - O paradeiro do campeão Diehauser Belial. O imperador Belial obviamente desapareceu junto com os irmãos Phoenix. Por que só havia notícias sobre os irmãos da Phoenix? Exatamente aonde o Imperador Belial foi?… O mistério ainda não havia sido resolvido. Ainda havia uma sombra de inquietação no coração de Rias. Ela entendeu que essa inquietação provavelmente apontava em uma direção ruim. Quando o Cao Cao da Facção Heroica convocou Samael, quando eles foram para a Facção Tepes, sempre havia um sentimento que não podia ser expresso com palavras; no final, o resultado foi trágico todas as vezes.

Depois de subir as escadas, para pegar algumas bebidas na geladeira, Rias e Asia caminharam em direção à sala de estar.

"Ara, se não é Asia-chan e Rias-san."

A mãe de Ise estava mexendo em algo na mesa da sala de estar.

“Acabamos de sair do banho. Se eu posso perguntar, o que você está fazendo, haha-ue-sama?”

Rias e Asia aproximaram-se para dar uma olhada por curiosidade

“Bem, os álbuns.”

A Mãe de Ise então pegou e abriu um livro para a Rias e a Asia ver.

"Uau, é um álbum de fotos."

A mãe de Ise tinha realmente colocado a mesa da sala cheia de álbuns de fotos, e exibido dentro delas estavam as fotos de infância de Ise.

“Ah, isso foi Ise. Eu também mostrei isso para você antes.”

Elas tinham visto antes no quarto de Ise, antes do incidente em que foram atacados por Kokabiel. Naquela hora, elas acidentalmente ficaram muito excitadas olhando para os álbuns. Rias e Asia estavam ambas sentadas no sofá, cada uma pegando um álbum para apreciar as fotos de infância de Ise. Anteriormente, elas estavam muito animadas com isso, e nem notaram que cada um dos álbuns de fotos tinha títulos diferentes. Elas disseram coisas como [Issei, primeiro OO]1

"Você realmente gravou cada pequeno passo de Ise crescendo nestes álbuns."

Rias disse calmamente enquanto sorria suavemente.

“… Este é o nosso único filho. Não importa o que acontecer, para nós, Ise é nosso filho fofo. É por isso que ocasionalmente vejo essas fotos de infância, na época, ele era realmente fofo.”

As palavras da mãe de Ise fizeram Rias e Asia sentirem isso. - Ele é profundamente amado por seus pais. Podia ser sentida não apenas pela forma como sua mãe estava sorrindo agora e não apenas pelos muitos álbuns de fotos que ela tinha; elas podiam realmente sentir o quão profundamente ela amava e se importava com Ise. De repente, a mão da mãe de Ise parou quando viu uma certa foto.

"Ah - está aqui."

Tanto Rias quanto o olhar da Asia focaram na foto que a mãe de Ise estava apontando. Foi Ise na escola primária. Ele estava segurando uma vara de pescar que era muito maior do que ele, enquanto ele estava lá orgulhosamente.
"Esta aqui… é sobre o que?"
Rias perguntou para a mãe de Ise.
 “Esta vara de pescar, era a vara de pesca favorita do meu marido naquela época. Ele estava realmente interessado em pescar. Ele também ensinou Ise. Embora ele não tenha ido pescar recentemente, ele costumava pescar com Ise no rio ou no mar quando era mais jovem.”
… Esta foi a primeira vez que elas ouviram falar dessa história. Ise realmente foi pescar. Embora elas soubessem que ele comeu o peixe que ele pegou quando ele estava treinando… A mãe de Ise continuou
 “Quando ele era jovem, Ise foi influenciado por seu pai e foi pescar. Mas um dia, ele de repente parou de pescar.”
"O que aconteceu?"
Em direção à pergunta da Asia, a mãe de Ise deu um sorriso irônico.
 “A vara de pescar na foto foi quebrada por Ise.”
O que a mãe de Ise disse foi - uma lembrança ruim da infância de Ise.
“Enquanto eles estavam pescando no mar, Ise aproveitou o fato de que seu pai estava fazendo uma pausa, então ele pegou a vara de pescar do pai para ir pescar sem permissão. Ise, ele realmente ansiava usar a vara de pesca do pai, ele queria usar essa vara de pescar para pegar um peixe grande para que ele fosse elogiado… mas no final, ele não o usou da maneira certa e quebrou. Seu pai estava chateado, e Ise se desculpou enquanto chorava, e naquela hora foi bastante problemático.”
… Toda criança teria esse tipo de experiência quando era jovem. A própria Rias causou problemas quando ela era jovem para que ela pudesse obter o elogio de seus pais, mas acabou se metendo em grandes problemas. Suas memórias de infância passaram de repente, e ela não podia acreditar que ela costumava ser assim. A mãe de Ise teve uma expressão um pouco solitária como ela disse
“O pai dele simplesmente disse a ele para ter cuidado para não deixar isso acontecer novamente e perdoá-lo. Mas Ise, ele… nunca mais quis pescar depois daquele tempo. Talvez ele nunca tenha se perdoado. É como essa criança é. Se ele deixa uma outra pessoa triste, ele também se sente triste e não deixaria as coisas de lado depois de um pedido de desculpas.”
“… Ise-san sendo assim, como devo dizer isso? Eu posso mais ou menos entender.”
Asia sinceramente respondeu.… De fato, Rias também concordou. Ele, Ise, era esse tipo de pessoa. Toda vez que uma tragédia acontecia, mesmo que não fosse culpa dele, ele ainda se responsabilizava por isso. - Em tais ocasiões, se for capaz de fazer isso sozinho, então ele fará isso; todos os outros se sentiriam tristes em vê-lo, mas ele ainda insistiria em refletir. Ise ainda não havia esquecido o que aconteceu com a Asia. Se ele fosse mais forte, a Asia não teria morrido. Mas por causa disso, ele se tornou tão forte quanto ele é agora.
“… Aquela criança, ele fez alguma coisa para deixar a Asia-chan triste? Não, aquela criança definitivamente não teria feito nada que fizesse a Asia-chan chorar. Pelo contrário, ele se sentiria triste se não pudesse ajudar a Asia-chan.”
- Bem… Rias não podia dizer nada. a mãe de Ise sempre esteve olhando para Ise e entendia Ise muito bem. Ela achava que seus sentimentos não eram páreos contra os da mãe de Ise, talvez fosse mais apropriado dizer que a mãe estava observando Ise com muito mais cuidado do que ela.
"… Você sabia disso?"
Ouvindo a pergunta de Asia, a mãe de Ise sorriu.
“Claro que eu sabia, afinal, sou um dos pais dele. Ise, ele é muito superprotetor com Asia-chan. Definitivamente, no coração dessa criança, ele não perdoou a si mesmo e ainda guarda rancor.”
Embora a mãe de Ise não conheça sua verdadeira identidade, ela ainda era capaz de sentir as mudanças diárias. Este era provavelmente seu extinto materno.… Quando finalmente chegou um dia em que não poderia mais ser ocultado, Rias já se preparara para isso. A mãe de Ise continuou
“E mesmo que Ise não pesque mais. É certo que, neste momento, Ise ainda não se perdoou.”
A mãe de Ise levantou um dedo.
"Há apenas um mau hábito que Ise não mudou desde que ele era jovem."
"Que mau hábito é esse?”
Ouvindo Rias perguntar, a mãe de issei abaixou a cabeça e olhou para Ise em uma foto de quando ele era mais jovem.
“Se ele fizer algo errado, ele definitivamente não se perdoará. Simplesmente mencionar essa coisa fará com que ele se desculpe profundamente. E sua expressão é sempre a mesma (dor e arrependimento). Você saberá imediatamente se você olhar. O pai de Ise também sabe que ele tem esse mau hábito. Aquela criança sempre terá essa expressão.”
… De fato, ele estava sempre se desculpando 'eu estava errado', 'me desculpe', 'desculpe' como ele estava com remorso. Rias lembrou que sua expressão era sempre a mesma a cada vez (dor e arrependimento).
“… Rias-san, Asia-chan. Embora não seja hora de dizer isso, deixe-me dizer. - Estou confiando-o a você. Ele pode ser pervertido e estúpido, mas ele é uma pessoa honesta.”
"Sim, Sogra ."
"Sim, okaa-san."
—Okaa-san segurou com força as mãos da menina, enquanto ela assentia profundamente.

Notas de tradução
1 O OO é basicamente um espaço em branco para dizer que havia muitos álbuns de fotos

Comentários