Pular para o conteúdo principal

Life.2 Escarlate e Carmesim

-Quem sou eu?
Quando eu, Himejima Akeno, era jovem, continuei me fazendo essa pergunta.
Eu, que havia perdido minha mãe pelas mãos daqueles que detestam os Anjos Caídos, discordei de meu pai Barakiel e continuei a ter um estilo de vida em que viajava para lugares diferentes.
Por mim mesmo quando eu tinha dez anos de idade. Era uma época praticamente impossível para alguém viver por conta própria.
Eu até me lembro de como meu eu mais jovem acreditava fortemente que eu ainda tinha que continuar vivendo sozinha. Eu definitivamente não posso confiar no meu pai. Se eu fizesse isso... Achei que meu coração se quebraria em tristeza por perder a minha mãe e estivesse com medo do ódio que os outros tinham em relação ao meu pai.
O que eu tinha na mão era minha carteira com apenas as poucas economias que eu tinha....... Eu estava pensando em comprar um presente para minha mãe para o aniversário dela usando esse dinheiro.
Eu fiz o meu melhor para não usar esse dinheiro, mas não consegui superar meu estômago vazio que havia atingido seu limite, e acabei usando-o enquanto continuava me desculpando com minha mãe dentro de mim. A memória daquele tempo ainda está enterrada fortemente em mim.
Existe um limite para o dinheiro. Não é infinito. Eu não tinha meu pai e minha mãe. Eu precisava, de alguma forma, ganhar algum dinheiro, apesar de ser uma criança.
No entanto, não tinha como ter lugares que contratassem uma criança com apenas dez anos de idade.
...... Minha habilidade é a capacidade de controlar raios que meu pai transmitiu para mim e o poder de purificar espíritos que aprendi com minha mãe.
Aconteceu em um determinado dia. Eu ajudei uma criança que estava possuída por um espírito maligno por acaso. Então os pais da criança me deram uma pequena quantidade de lanches.
Eu pensei que era isso. Que isso era a única coisa que eu era capaz de fazer.
A partir de então, comecei a conversar com as pessoas que estavam possuídas por espíritos malignos, purificá-las e tinha um estilo de vida em que recebia um pouco de dinheiro e comida delas.
Eu não poderia ter uma vida luxuosa. Eu não tinha nenhum lugar para morar. No entanto, eu fui capaz de sobreviver.
- Akeno, vou ensinar-te como afastar fantasmas assustadores.
...... O que minha mãe me ensinou me ajudou a sobreviver. Foi solitário dormir sozinha... no entanto eu não queria morrer ainda.
Depois disso, viajei pelo Japão, comecei a aprender a me comunicar com seres anormais e consegui me afastar dos seres humanos.
Se eu tivesse que ser classificada, então eu seria agrupada nos seres anormais. Embora eu tenha uma aparência humana, eu carrego o sangue de um Anjo Caído. Então não é errado eu ser classificada como um ser não humano.
Eu percebi isso sozinha apesar de ter apenas dez anos de idade. Era mais fácil para não me machucar quando interagisse com os outros, enquanto dizia isso a mim mesma.
Havia aqueles que queriam me levar embora, como as pessoas que eu havia salvo dos espíritos malignos. Se havia pessoas que realmente queriam dizer isso, também havia pessoas que tinham outras intenções. Eu até consegui perceber isso.
Eu até me encontrei sendo perseguida. Também fui atacada muitas vezes, como quando pisei no território sob a jurisdição da Igreja que detesta Anjos Caídos, e também por monges estagiários que me viam como um obstáculo ao seu trabalho.
Um ano e meio se passou desde que eu tinha um estilo de vida assim.
Na época em que comecei a me familiarizar com a viagem pelo país, purificando espíritos malignos, tornei-me amiga do pequeno Oni e pude controlá-lo.
Aconteceu que quando eu entrei em uma certa cidade localizada na prefeitura de T. Eu tive contato com um humano que era capaz de conversar com espíritos temporariamente devido a ter feito um pacto com um Demônio. Essa pessoa acidentalmente falou com um espírito maligno, foi possuída por ela e quase foi morta por ela. Eu acabei salvando essa pessoa.
Eu deveria ter ignorado essa pessoa, mas eu não tinha escolha, uma vez que a pessoa resmungou: “Salve-me”. No momento em que percebi, eu havia salvado essa pessoa do espírito maligno.
Foi só depois que vim a saber que o humano era alguém que havia feito um pacto com um demônio servo do atual chefe da Casa dos Gremory. Mas naquela época, percebi que era um erro meu pisar no território de um Demônio.
O fato de os demônios lutarem contra os Anjos Caídos foi um conhecimento que consegui durante a minha jornada. Eu sou alguém que carrega o sangue de um anjo caído. Se eu pisar no seu território, não seria estranho eu me tornar o alvo deles.
Havia uma grande possibilidade dos demônios saberem que entrei em contato com um dos humanos com quem eles fizeram um pacto.
...... Há muitos demônios que têm forte orgulho. Se eles vierem a descobrir que uma mera garota Anjo Caído entrou em contato com seu cliente... Eles virão me eliminar para se livrarem de sua desgraça.
Eu me escondi no templo abandonado dentro daquela cidade e decidi observar silenciosamente por um tempo. Era melhor não se envolver se você se envolvesse nesses casos.
Para uma criança como eu, era impossível lutar contra um demônio adulto.
Aconteceu vários dias depois que me escondi no templo.
Eu senti uma presença que estava se aproximando de mim. Eu tentei olhar timidamente para fora da porta quebrada. E o que apareceu na frente dos meus olhos foi - carmesim.
Um lindo cabelo carmesim. Uma garota que parecia ter a mesma idade que eu. Aquela garota que tem uma aura de alguém que não é humano, como eu, estava olhando ao redor.
Escondi minha presença e me escondi atrás da árvore depois de sair do templo sem emitir nenhum som.
Ficar dentro do templo não era uma boa ideia. Um local que é conhecido é o mesmo que um alvo fácil para eles, e não haverá mais nada de mim se eu fosse atacada primeiro.
A garota de cabelos carmesim diz isso com uma voz alta.
“Se você está aqui, então por favor saia. E se você estiver disposta a falar sobre o motivo pelo qual entrou no território de alguém próximo a mim, não farei nada contra você.”
...... Eu não posso confiar no que um demônio diria. Como eu esperava, parece que eles descobriram sobre mim quem purificou o espírito maligno.
Ela é um demônio apesar de ter um rosto bonito como esse. E pelo que eu posso ver em sua aura, parece que é a aura de um Demônio de Classe Alta....... Eu provavelmente não serei capaz de permanecer viva se eu for contra ela.
Mesmo depois disso, ela começa a falar de maneira persuasiva, porém eu não me mostrei na frente dela. Eu simplesmente tenho que desativar minha presença e esperar que ela saia. No entanto, desde que ela descobriu sobre este lugar, então será bom para mim sair daqui imediatamente. Vou precisar de um novo lugar onde eu possa me esconder.
Quando eu estava pensando sobre isso, a menina de cabelos carmesins suspira, provavelmente porque eu não me mostrei.
Ela então diz isso.
“... A verdade é que existem monges que estão procurando por você. Esses humanos vieram negociar conosco. Eles disseram: "Você pode deixar a menina Anjo Caído conosco?”
-!
Ouvindo isso, meu corpo estremece. É provavelmente por causa disso.
O grupo de monges que começou a aparecer em lugares que eu visitei desde um ano atrás. Eles não estão atrás de mim porque eu sou um obstáculo para o trabalho deles?
A garota de cabelos carmesim diz isso.
“...... Antes que essas pessoas apareçam na sua frente, venha para o meu lado. Eu não vou te tratar mal. Contanto que você me explique a situação, eu lhe darei o maior apoio possível.”
Suas palavras foram tão gentis... que soou como minha falecida mãe.
Sim, aquela garota era Rias...

                                                                 ─○●○─

-Eu tive um sonho. Uma vida despreocupada desde então eu sinto falta.
“Ei, Kaa-sama. Akeno também fará uma amiga?”
“Sim, você definitivamente vai. Akeno, o que você quer fazer com sua amiga quando fizer uma?”
“Umm...... Akeno quer ir ver lugares diferentes, ir para a mesma escola e se juntar ao mesmo “clube” que ela.”
"...... Você quer ir para a escola, Akeno?"
"Está bem. Akeno ficará bem enquanto, Akeno, tiver Kaa-sama e Tou-sama.”
"...... Espero que você faça uma boa amiga."
"Sim! E Akeno quer um marido que seja forte e bondoso como Tou-sama!”
"Ufufu, se seu pai ouve isso, então ele vai ficar incomodado."
"Por quê?"
"Isso é porque, seu pai..."
"...... Kaa-sama."
Quando eu abro meus olhos, percebo que há lágrimas nos meus olhos.
Depois de arrumar minha mala rapidamente, deixei o templo abandonado que eu estava usando como o lugar para dormir.
É exatamente a hora do nascer do sol. Enquanto a névoa da manhã ainda está em alta, eu corro pela floresta que fica ao lado da rodovia.
A razão pela qual eu não fiz meu movimento durante a madrugada é porque o tempo durante esse período é o tempo ativo para os demônios. Se for desta vez durante o nascer do sol, então poderei deixar esta cidade em segurança.
Agora mesmo, eu posso entender que eu tinha uma maneira ingênua de pensar por ser uma criança naquela época.
Quando eu estava prestes a sair da floresta.
Algo me cobre do lado enquanto me agarra.
Tive então a sensação de que a aura vinda de todo o meu corpo está desaparecendo imediatamente. –Quando eu olhei, há uma rede em volta do meu corpo.
...... Não é uma mera rede. Quanto mais eu luto, mais parece que vai drenar muita força de mim. Deve ser uma rede com um feitiço especial.
Ring Ring... então um som que vinha de algum lugar fazia um eco em todo o bosque de maneira assustadora.
"-Eu te encontrei."
Havia uma única voz baixa de um homem.
“—A filha amaldiçoada nascida de nossa linhagem Himejima.”
De trás das árvores,
“—A criança que carrega o sangue daquele Anjo negro.”
Vários monges com chapéus de tecido e armados com bastões apareceram.
"Já faz um tempo, Akeno."
Uma voz com dignidade diz isso para mim. Eu estou familiarizada com essa voz.
Os monges abrem um caminho e aquele que aparece na minha frente é o homem que passou a meia-idade. Ele tira o chapéu de malha e olha para mim que está capturada pela rede. Seus olhos estão cheios de tristeza.
"......Tio-avô."
Sim, esse velho é alguém de Himejima. Para mim, ele é meu tio-avô por parte de mãe.
Himejima é um clã que é afiliado ao xintoísmo desde os tempos antigos. A família de minha mãe também é encarregada de um santuário xintoísta com uma grande história. Os outros monges devem ser os parentes de Himejima.
O Tio-avô diz para mim enquanto se abaixa.
“Eu não vou deixar você escapar agora. Preciso me livrar da vergonha de Himejima hoje. Você me entende, certo?”
-Uma vergonha.
Para eles, diz-se que a filha de Himejima foi levada e usada por um Anjo Caído, e eu... sou conhecida como uma criança amaldiçoada que nasceu deles. Por essa razão, eu sou uma vergonha para eles.
Himejima é um clã xintoísta com antecedentes históricos. Por essa razão, criar com outro ser é um ato imperdoável.
Se for descoberto pelo Deus japonês que eles servem, eles não saberão que tipo de penalidade receberão.
...... O juramento e a limpeza em relação às regras de Himejima são absolutas e, como resultado, minha mãe morreu.
Eu, que perdi minha mãe e rejeitei meu pai, perambulei por todo o país e acabei sendo alvejada por aqueles de Himejima. Uma criança que vai manchar o nome de Himejima deve ser um ser que eles não podem permitir a existência.
"...... eu simplesmente quero viver."
Eu disse isso verdadeiramente. Não há falsidade por trás disso.
Eu sou uma exilada que não podia ir atrás da minha mãe e não podia seguir o meu pai. No entanto, parecia que iria rejeitar toda a experiência que tive naquela casa se eu morresse, e eu simplesmente odiava a ideia disso acontecer.
O tio-avô respira em tristeza e balança a cabeça para o lado.
“Você realmente acha que um humano com asas negras será capaz de experimentar a vida de uma pessoa normal? Nos últimos um ano e seis meses, você deve ter percebido isso quando viajou para diferentes áreas....... Você é uma criança esperta, afinal. Para um monstro alcançar o estilo de vida de um ser humano, você não percebeu que não é algo que você pode alcançar com uma força comum?”
... Sim, eu testemunhei isso. Enquanto viajava pelo país, passei a entender que, para alguém com um poder extraordinário, você precisaria de uma forte determinação e força para viver como uma pessoa normal.
Eu ainda não tenho uma forte determinação e força. Por essa razão, fiquei com medo muitas vezes. Comecei a pensar que não há lugar para mim neste mundo.
-Não, eu estou aqui!
Eu estou morando aqui! Eu ainda não posso morrer! Eu não quero morrer!
Eu faço raios na minha mão e solto nos monges de Himejima!
Ao fazer um flash brilhante, meu raio atinge eles. Possivelmente devido ao poder de minha iluminação ser mais forte do que imaginavam, parece que eu os peguei enquanto eles abaixavam a guarda, e eles não sabiam onde apontar seus bastões.
"Ha (Destrua)!"
O Tio-avô fez uma voz alta. Parece que um forte poder espiritual foi liberado ao mesmo tempo e dispersou meu raio.
...... Parece que meu raio não vai funcionar no Tio-avô. Mesmo tendo terminado assim, eu aumentei o meu poder desde a última vez que lutei com ele...
Os monges fixam sua postura e aumentam seu ódio contra mim.
"Droga! O poder de sua “Luz e Raio” está ficando mais poderoso com o passar dos dias!”
“Se não a derrubarmos rapidamente, nós é quem vamos morrer eventualmente!”
Os monges dirigem seus bastões para mim.
"Oni!"
"Oni-ni!"
Os pequenos Onis estão na minha frente para me proteger dos monges.
Não! Todos vocês serão eliminados!
"Não faça isso!"
Eu movo desesperadamente meu corpo, que estava preso na rede, e uso todo o meu corpo para proteger os Onis.
“...... Então você vai proteger os Onis né. Parece que você também herdou o sangue daquela garota, Shuuri.”
O Tio-avô aponta seu bastão para mim friamente, já que estou protegendo os Onis. Um ataque poderoso se acumula na ponta de seu bastão.
Eu provavelmente morrerei se for atingida por ele.
“Sinto muito, mas este é o fim para você. Parece que os anjos negros não estão interferindo. O mínimo que posso fazer é mandá-la embora sem dor.”
......Eu odeio homens. Eu realmente odeio adultos. Eles só estavam preocupados sobre como eles apareceriam para os outros, e não perdoaram minha mãe no final...! Eles também me veem como uma criatura nojenta.
Eu escondo meu ódio contra eles e digo ao meu Tio-avô meu último desejo.
"...... Por favor, poupe esses pequenos Onis."
"...... Claro, muito bem."
"Mais um....... Por favor, coloque minha sepultura ao lado da Kaa-sama...... eu imploro.”
“Eu não posso permitir isso. Você é uma existência que não deveria existir. Eu só prometo a você sobre os pequenos Onis.”
...... Eu não tinha muita expectativa para ele aprovar o último desejo. No entanto, era uma fraca esperança de que era possível.
No entanto, enquanto os pequenos Onis estiverem seguros, tudo bem.
"...... Oni."
Os pequenos Onis estão derramando lágrimas porque estão preocupados comigo.
Está tudo bem. Obrigado por me servir até agora.
Está bem. Vivam em meu lugar.
Todos vocês não devem guardar rancor contra eles.
Parece que os pequenos Onis entenderam o que eu quero dizer sem dizer a eles.
O bastão do Tio-avô reuniu um poder espiritual ainda mais poderoso, e isso acontece quando ele estava prestes a soltá-lo em minha direção. Quando fecho meus olhos, ouço uma voz.
"-Esperem."
A luz reunida em torno do bastão desaparece devido a essa voz.
Os monges e meus olhos se movem em direção à profundidade da floresta.
Aquela que aparece de lá é uma garota de cabelos carmesim - Rias Gremory. Ao lado dela é um homem de meia idade vestindo roupas de mordomo que tem um olhar refinado.
Rias então diz.
"Há algumas perguntas pessoais que eu quero fazer a essa garota."
Como os monges sabem que a identidade dessa menina é um demônio, eles apontam seus bastões para Rias.
O Tio-avô diz isso a Rias sem ficar tão chocado.
“A filha de Gremory. Tenho certeza que falei com você sobre isso...”
Rias continua enquanto coloca um sorriso destemido.
“Sim, você com certeza falou. Eu acho que esse problema é uma questão do seu clã. No entanto, me diga uma coisa. O que você vai fazer com essa garota? Você está planejando matá-la?”
"...... E o que você vai fazer se for isso que estivermos planejando fazer?"
Ela então responde isso ao que meu Tio-avô disse.
"Se você está planejando matá-la, então eu vou levá-la."
Os monges começam a se agitar com suas palavras.
"Quem diabos você pensa que é?"
“Maldito demônio!”
"Este é o problema do nosso clã Himejima!"
Eles começam a dizer palavras abusivas para ela. O Tio-avô então os acalma.
“Acalme-se, todos vocês....... filha de Gremory, você está planejando interferir no nosso problema?”
Os dois lados então se encaram, e o homem que estava ao lado de Rias se interpõe entre eles e fala com meu Tio-avô enquanto sorri.
“-Agora, por favor, acalme-se. Eu sou o [Bispo] do atual Chefe da Casa dos Gremory e o responsável pela área, Heinrich Cornelius Agrippa. Por favor, me chame de Agripa.”
Sim, entrei no território dessa pessoa chamada Agripa, que por acaso é servo do atual chefe da Casa dos Gremory.
O homem de atmosfera nobre que se chama Agripa aponta para a profundidade da floresta e diz isso.
“Que tal conversarmos um pouco lá? Você não acha que ter as crianças ouvindo a circunstância de nós adultos só vai fazê-las aprender palavras abusivas e desnecessárias?”
Já que ele é capaz de dizer isso na frente de Rias, que é a filha de seu Mestre, isso prova quanta fé ela tem nele.
"............Muito bem."
Meu tio-avô e outros, os monges, desaparecem na profundidade da floresta. Rias remove a rede em volta do meu corpo imediatamente.
"Você vai ficar bem agora."
Ela mostra um sorriso para mim como uma garota da sua idade. Rias então diz isso depois de olhar para o meu cabelo preto.
“Você com certeza tem um lindo cabelo preto. Eu amo o cabelo preto do povo japonês.”
-!
O que é isso? Suas palavras estão fazendo eu me sentir mais feliz.
É talvez porque ela está me chamando de "japonesa"? Ou é porque ela elogiou meu cabelo preto?
Não, talvez porque eu esteja me sentindo resgatada por sua atitude que está falando comigo enquanto aceita quem eu sou.
Depois de um tempo, os monges e Sir Agrippa retornam.
O Tio-avô diz isso para mim que foi desamarrada.
“... Prometa-me duas coisas. Eu vou te dizer que não vamos colocar as mãos em você se você cumprir essas promessas. Primeiro, você não deve pisar no território que está sob nossa vigilância. Em segundo lugar, fique ao lado da garota com o cabelo carmesim toda vez que ela fizer alguma coisa. Contanto que você mantenha essas duas promessas, nós juramos a você que nunca mais colocaremos nossas mãos em você.”
-!
O Tio-avô disse algo que me faz acreditar que isso não é real. Foi certamente algo que eu não previ.
Os monges saem silenciosamente de perto de mim que tem minha boca se abrindo aos poucos. Eu não posso evitar, então eu faço uma pergunta.
“............ Posso me apresentar como “Himejima” de agora em diante?”
O Tio-avô diz isso sem voltar atrás.
“... Há muitos outros que carregam esse sobrenome. Faça como quiser."
Dizendo apenas isso, o tio-avô e os outros saem deste lugar.
Os únicos que restam são Rias, Sir Agrippa e eu. Então Sir Agrippa diz isso a Rias.
“Agora, Hime. Vou deixar o resto com você.”
Ele diz isso alegremente.
Algo que descobri mais tarde é que Sir Agrippa sugeriu ao meu tio-avô que a Casa dos Gremory cuidaria de mim e do meu passado.
Então, se eu fizer algo a partir de agora, eles falarão que “Aquela que serve a Casa de Gremory fez isso”. Parece que havia outras sugestões do lado deles, mas ouvi dizer que Sir Agripa aceitou todas as suas sugestões.
Como resultado, eu nunca mais me tornei alvo deles novamente.
“Tudo bem, Agripa? Você não precisa fazer alguma coisa devido à questão sobre o nosso território?”
Rias tenta confirmar com ele. Sim, eu purifiquei o humano que tem um pacto com essa pessoa, por conta própria. No entanto, Sir Agripa sorri gentilmente.
“Eu não tenho um hobby para julgar uma pequena senhorita. No entanto, foi uma sorte. Eu vou sair desta área no próximo mês e foi planejado para mim trabalhar em um país diferente. Se um Demônio de uma família diferente que tomará este território fosse se encontrar com esta senhora...... O demônio não teria sido misericordioso.”
Sim, tive sorte. Se eu chegasse aqui um mês atrasada, provavelmente não estaria viva.
Demônios... Eu pensei que eles eram uma existência assustadora. No entanto, essas pessoas que conheci e que são da Casa dos Gremory são demônios que são gentis e rigorosos.
Sir Agrippa dá um tapinha de leve minha cabeça.
“Sinto muito pelo fato de que nós, os Gremory, tiramos tudo de você, o que inclui o seu nascimento. Você provavelmente teve suas razões e até teve a história de sua vida até agora. No entanto, esta foi a única maneira de salvá-la.”
Balanço a cabeça para o lado e coloco um sorriso que não consegui mostrar por muito tempo.
"Não, eu sou grata que eu pude estar segura assim."
Naquela hora, eu disse aquilo verdadeiramente.
Mesmo que o clã Himejima se esqueça de mim, apenas a minha existência será a maior prova de que minha mãe, Himejima Shuuri, existia.
Isso é algo que eu descobri depois por algumas conexões, mas quando eu estava sendo perseguida por aqueles de Himejima, aquele que me salvou quando eu estava em perigo... foi Azazel que secretamente estava se escondendo.
O que aquele tio-avô disse naquela época: "Parece que os anjos negros não estão interferindo" deve se referir a ele.
Deve ser uma ação que ele tomou em nome do meu pai que não foi capaz de se mostrar na minha frente. Essa pessoa me vigiava simplesmente porque sou filha do seu amigo de guerra.
Talvez ele não possa se perdoar pensando que foi ele quem matou a esposa de seu amigo de guerra.
Exceto, ele não diz nada.
Não importa a hora, ele simplesmente mostra um sorriso de uma criança travessa para mim.

                                                                 ─○●○─

O que eu testemunhei quando entrei no submundo, quando Rias me levou foi - um castelo lindo e luxuoso.
O que eu encontrei imediatamente foi Venelana-sama, que é a mãe de Rias.
"Como vai? Você deve ser a senhorita Anja Caída que Rias mencionou. É um prazer conhecer você, eu sou a mãe de Rias, Venelana. Está tudo bem para você pensar nesta casa como sua.”
Assim como ela disse, fui recebida no castelo dos Gremory com um tratamento especial.
Ela até me ensinou o modo como uma senhorita deveria agir, diferentes tipos de conhecimento e até mesmo estudos.
Eu entrei em um mundo brilhante que me faz pensar que a vida que eu tinha até agora não era real.
Cerca de seis meses se passaram desde que eu comecei a viver no submundo, isso aconteceu quando eu estava lendo o livro sobre monstros junto com Rias em seu quarto. Eu perguntei a ela.
"Ei, por que você está fazendo tanto por mim?"
“Por que você está me perguntando agora? Podemos ter nos encontrado por acaso, mas agora somos familiares, sabe.”
Eu me senti como se tivesse sido salva por Rias, que disse isso.
Rias diz que enquanto ela pega a peça de xadrez no tabuleiro em sua mão.
“Isso mesmo, eu estarei recebendo as「Evil Pieces」em breve. É por isso que há uma parte de mim que está pensando em reunir meus servos.”
“...... Então você está me pedindo para ser sua serva porque eu carrego o sangue de um Anjo Caído?”
“Você salvou uma pessoa que estava possuída por um espírito maligno naquela cidade, certo? Porque você fez isso?"
"...... Aquela pessoa estava pedindo ajuda, então eu não pude resistir."
Ela faz um grande aceno com a cabeça e depois sorri.
"Isso! “Uma Anja Caída Amável”! Com certeza me fez querer transformá-la em minha serva!
...... Estou espantada. A verdade é que eu pensei nela como uma estranha garota demônio.
Isso porque ela quer uma “Anja Caída Amável”.
"Ufufu"
Quando eu comecei a rir com diversão, Rias faz um olhar estranho enquanto inclina a cabeça.
"E-eu disse algo estranho?"
"Sim, tenho certeza que você é muito estranha."
“Eu sou......? Mas eu pensei que você fosse uma menina gentil, é por isso que eu queria resgatar você naquela época.”
“!...... Rias, obrigada. Estou muito feliz por você ter feito isso.”
Eu estava tão grata a Rias que não podia agradecer o suficiente.
Depois disso, comecei a adquirir conhecimento sobre o submundo, os demônios e os anjos caídos, enquanto vivia no castelo Gremory.
Eu geralmente ficava ao lado da Rias e tinha um estilo de vida onde eu ia entre o mundo humano e o submundo com ela. Rias me levou para muitos lugares. Havia muitos lugares neste mundo que eu não conhecia.
“Olha, Akeno! São as Cataratas do Niágara! Mas as grandes quedas que vimos no Submundo antes foram ainda mais incríveis!”
Rias me mostrou todos os tipos de expressões dela. Como quando ela estava com raiva, quando sorria, e quando ela chorava depois de ser repreendida por sua mãe. Eu sempre ficava ao lado dela e às vezes eu a animava, às vezes eu ria junto com ela, e às vezes eu discutia com ela.
Sem perceber, ela se tornou alguém que é insubstituível.
Sirzechs-sama, Grayfia-sama e seus servos até me trataram bem. Foi nessa época que conheci Sona..
E na época em que Rias entrou no Ensino Médio, ela recebeu as「Evil Pieces」de seu pai.
“Akeno, você vai se tornar minha [rainha]?...... Você vai se tornar um demônio e me apoiar ficando ao meu lado?”
Dei a minha resposta, sim, a Rias, que me perguntou com ansiedade. Não havia razão para recusar a essa hora.
Depois disso, Rias acolheu a Koneko-chan, que estava deprimida devido aos problemas que sua irmã de verdade, Kuroka, causou e então fez Yuuto-kun o seu servo.
Essa foi a época em que nós fomos para a Academia Kuou, quando Rias me falou.
“Akeno. Estou pensando em entrar para um clube quando nos formos para ensino médio da Academia Kuou.”
“O que você vai se juntar? Clube de esportes? Clube Cultural?”
Ela abre o panfleto da academia Kuou alegremente e diz:
“Agora, o que devo fazer? O clube de esportes soa maravilhoso e o mesmo acontece com o clube cultural, então com certeza torna difícil para mim escolher. Ufufu, posso imaginar Sona se tornando a presidente estudantil do conselho estudantil.”
Parece que ela está muito feliz em entrar na Academia Kuou. Em seguida, olhou para o livro que eu estava carregando.
"Akeno, o que é esse livro?"
“Este é um livro que um humano escreveu sobre monstros e fenômenos misteriosos. É um livro de ocultismo.”
Ela então diz isso, depois de ouvir minha resposta, enquanto olha para o livro.
"Ocultismo...... Então, vamos nos juntar ao Clube de Pesquisa Oculta!"
“Clube de Pesquisa Oculta? M-Mas tenho certeza que vi nos documentos que o clube foi abolido porque não havia membros suficientes......”
Rias então diz com ousadia e sem medo para as minhas palavras.
“Vou reviver isso! Sim! Eu decidi! Eu vou me juntar ao Clube de Pesquisa Oculta! Akeno será a Fukubuchou! Os membros serão...... Yuuto e Koneko, e então eu formarei o clube com meus servos que ainda não conheço ainda!”
Ela então me diz seu grande objetivo.
“Ufufu. Certo. Por que não. Eu serei a fukubuchou. Vamos nos formar no ensino médio juntas.”
"Ah, eu estou planejando ir para a universidade também, sabe?"
"Então vou ficar com você até lá."
Quando eu disse isso, ela de repente disse que não.
"Não!"
Rias pega minha mão e diz isso para mim cara a cara.
“Akeno será minha [rainha] e minha amiga pelo resto da minha vida.”
Sim, eu entendo. Eu sou sua [rainha]. Então eu vou ficar ao seu lado o tempo todo.
Eu serei sua amiga para sempre. Então deixe-me dizer isso.
Obrigada, Rias. Por favor, cuide de mim a partir de agora também. 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Life.3 『DxD』VS O Grupo do Deus das Trevas

Por volta do meio dia do dia seguinte──
Estamos visitando o 「Kyoto Sirzechs Hotel」, onde o grupo da viagem escolar (Ravel, Koneko-chan, Gyasuke, Ingvild, Nakiri, Millarca Vordenburg-san, Nimura Ruruko-san) ficaram. É o mesmo hotel em que ficamos no ano passado.
Os atuais alunos do segundo ano da Academia Kuou já estavam reunidos no saguão, um após o outro, e o empregado estava guiando todos em direção ao saguão.
É o mesmo que no ano passado. Quando todos os alunos estiverem reunidos no saguão, vão ouvir os avisos dos professores.
──Nessa situação, eu estava disfarçado com Rias e entrei no café no hotel perto do lobby com Ravel e os outros.
Quanto ao disfarce, à minha aparência e da Rias, a roupa era clássica, de roupas simples + chapéu e óculos de sol. Tanto eu como Rias somos conhecidos pelos estudantes da Academia Kuou, afinal.
No caso de Rias, por causa do característico cabelo ruivo, a identidade era conhecida de modo simples, então a cor do cabelo foi mudada para loira com magia.

Life.4 Uma força que pode parar o mundo —AxA—

Eu, Hyoudou Issei, me teleportei para a barreira pseudo-espaço com Rias, família Gremory (+ minha família!), E Yasaka-san (+ os youkais que tem confiança em sua força), e já começamos a lutar contra o grupo de demônios do lado do inferno!
O lugar para onde nos teleportamos foi onde encontramos um antigo ritual na parte norte da pseudo Kyoto Interior. Havia altares e pilares de pedra, e enormes pedras presas a cordas em faixas foram colocadas.
Ele sabe porque quando chegou em Kyoto Interior, ele fez uma pequena exploração e visitou esse local, mas parece que os chefes da Kyoto Interior preveem bons e maus sinais de geração em geração ali, e recebem revelações de deuses e budas que são respeitados em Kyoto.
Em outras palavras, embora fosse um pseudo-espaço, nós nos teleportamos para um lugar bastante importante para Kyoto Interior.
Imediatamente após o teleporte, encontramos um grupo de inimigos e entramos em um estado de combate, e estávamos dando uma surra nos demônios artificiais.
A …

New Life

Após o sucesso do evento show em Kyoto, a viagem escolar do segundo ano também terminou sem dificuldade e nós voltamos para casa.
Alguns dias depois──
Estávamos discutindo o que aconteceu em Kyoto com todos na sala de estar.
“Ara, ficou muito boa essa”
Rias estava sorrindo e olhando as fotos da Koneko-chan e os outros na viagem escolar.
Esta é uma foto do segundo ano posando na frente de Templo do Pavilhão Dourado. Todos pareciam felizes.
“O evento também foi perfeito.”
Ravel mostra uma foto do evento show que aconteceu em Kyoto Interior.
A figura de nós fazendo uma pose no palco com a plateia lotada enquanto houve uma grande produção com pólvora. É uma boa foto.
──E, uma mulher bonita sentada ao meu lado, Yasaka-san diz.
“O evento show foi um grande sucesso. Pode-se dizer que a esperança para um próximo show é quase certo.”
Yasaka-san diz isso.
Yasaka-san, depois daquilo começou a vir visitar de vez em quando, através do círculo mágico de teleporte! Ela diz que é nos tempos livres do…